segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Minha Casa, Minha Vida terá corte de R$ 5,1 bilhões neste ano

O governo anunciou nesta segunda-feira (28) uma redução no orçamento previsto para o programa Minha Casa, Minha Vida neste ano.

Pela Lei Orçamentária Anual (LOA), aprovada pelo Congresso Nacional, o orçamento para o programa era de R$ 12,7 bilhões, mas agora ele está R$ 5,1 bilhões menor. Ainda assim, ele está R$ 1 bilhão superior ao de 2010.

De acordo com o que foi anunciado pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior, o corte é justificado pelo fato de a segunda fase do programa estar prevista apenas para abril, o que significa, segundo a Agência Brasil, que ele não terá o ano cheio para execução dos gastos para 2011.
Corte de R$ 50 bilhões 
A ministra, em conjunto com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, detalhou nesta segunda o corte de R$ 50 bilhões no orçamento do governo.

Entre os cortes anunciados, está o do seguro-desemprego. Segundo informou Miriam, o abono neste ano será reduzido em cerca de 10% - o que equivale a R$ 3 bilhões. “Isso não é impossível de ser feito”, disse a ministra.

Já os cortes previdenciários ficarão em cerca de R$ 2,5 bilhões, o que foi considerado "ridículo" por Mantega, frente ao total de R$ 250 bilhões de recursos da Previdência.

Fonte: InfoMoney

0 Comentários - Comente Aqui:

Postar um comentário

Comente Aqui.